Peças em cartaz

Filtrar por:
0 0 4
Heather

 Quinta, sexta e sábado, às 20h30

Teatro:

Gênero: Drama

Temporada: 17 de outubro a 16 de novembro

Diretor: Marcio Aurelio

Elenco: Laís Marques e Paulo Marcello

Classificação indicativa: 16 Anos

Sinopse

 A montagem brasileira é uma iniciativa idealizada pela atriz Laís Marques em parceria com a Cia Razões Inversas, dirigida pelo encenador Marcio Aurelio junto ao ator Paulo Marcello.  A trupe se reúne com o propósito de apresentar ao espectador brasileiro uma obra cuja potência estética e relevância temática ultrapassam as fronteiras da cultura britânica.           O texto é estruturado a partir de três narrativas curtas, exibidas diretamente ao espectador através do jogo ágil entre dois atores. Na primeira parte há uma troca de emails entre um editor e uma promissora escritora, misteriosamente reclusa. Na segunda parte do texto, uma conversa presencial entre ambos expõe as suas verdadeiras identidades, o que acarreta uma reviravolta geral em meio ao tremendo sucesso obtido com a estreia de Heather no mercado literário. Finalmente, na terceira parte, o próprio best seller é encenado numa perspectiva cinematográfica, dando margem para que a heroína Greta e sua caneta mágica encarem as trevas de um mundo intolerante. Heather tematiza de uma maneira caleidoscópica o delicado jogo das aparências na arte e, em especial, no mercado editorial dos best sellers juvenis. A intenção principal da peça é evidenciar o abismo muitas vezes existente entre a obra e o seu criador e, com isso, revelar as facetas mais obscuras do ser humano, inclusive do artista mitificado pelo seu público, tanto quanto pelo lucrativo mercado editorial.

0 0 3
Homem Fal(H)o

Às quartas-feiras, às 21h

Teatro:

Gênero: Drama

Temporada: 2 de outubro a 11 de dezembro

Diretor: Márcio Macena

Elenco: Gabriel Pernambuco

Classificação indicativa: 16 Anos

Sinopse

A trama retrata o universo desse lugar na Índia, a partir das crises psicológicas de um documentarista ocidental, cuja função é relatar a violência que cerca de 40 mil mulheres sofrem diariamente nas mãos dos homens. Esse prostíbulo a céu aberto fica em Calcutá, à beira do braço mais perigoso do rio Ganges, que inunda os quartos onde acontecem os atendimentos e traz lixo, fezes de animais e doenças para a população dali, formada exclusivamente por mulheres e crianças. Diante desse cenário assustador, esse homem responsável por documentar a violência do local, passa a questionar a própria violência e tentar encontrar uma solução para suas fobias e relações pessoais traumáticas do passado. O texto trata da aceitação do lado feminino do homem na desconstrução do modelo de macho tradicional.

0 0 3
Heathers

Sábados às 17h e 21h, Domingos às 15h e às 19h e Segundas às 21h

Teatro:

Gênero: Musical

Temporada: 05/10 à 17/11

Diretor: Fernanda Chamma

Elenco: Alice Zamur, Ana Bia Matos, Ana Itokazu, Ana Luiza Leal, Andreas Trotta, Augusto Follmann, Beatriz Soares, Carol Kiatake, Carol Pelegrini, Carol Pfeiffer, Clarice Sakamoto, Dante Morais, Davi Gazal, Deivisson Cruz, Diego Fecini, Duda Araujo, Estevão Souz, Esther Arieiv, Fabiana Marun, Giulia Propheta, Henrique Hadachi, Ingrid Sanchez, Isabella Arruda, Jean Cruz, John Seabra, Lorena Tucci, Luana Lavareda, Luís Vasconcelos, Lu Freixedas, Manu Casado, Manu Della Monica, Pedro Ogata, Renan S

Classificação indicativa: 12 Anos

Sinopse


Heathers é um emocionante musical que pulsa a energia dos corações adolescentes. Baseado no filme homônimo de Daniel Waters, o musical de Laurence O'Keefe e Kevin Murphy, versionado para o português por Rafael Oliveira, se passa em 1989 e conta a história da jovem Verônica Sawyer (Ana Luiza Ferreira) em seu último ano do colégio. Em busca de um mundo melhor, Verônica, juntamente com seu namorado JD (Diego Montez), vivem a adolescência tentando se auto-descobrir. Será ela uma Heather capaz de tudo para ser popular? Qual o valor de uma real amizade? Entre canções que falam sobre amor, vida, morte, perdão e reconciliação, o universo jovem é apresentado de uma forma alegre e positiva, apesar de mostrar as crueldades do mundo real. 

Há Dias Que Não Morro Última semana
0 0 4
Há Dias Que Não Morro

De quinta a sábado, às 21h30, e aos domingos, às 18h30

Teatro:

Gênero: Drama

Temporada: 3 a 27 de outubro

Diretor: Aline Olmos, José Roberto Jardim, Laíza Dan

Elenco: Aline Olmos, Laíza Dantas e Paula Hemsi

Classificação indicativa: 12 Anos

Sinopse

Inspirada na discussão sobre segurança e liberdade e na fricção dessa balança em foco na política atual, a encenação busca ampliar o debate sobre os aprisionamentos contemporâneos e corpos em paranoia. Em cena, estão três atrizes em um cubo-jardim feito para agradar. Elas acordam para seus dias sempre ensolarados, escutam sempre os mesmos pássaros, alegram-se com a mesma nuvem. As intérpretes viram figuras-bonecas exteriormente idênticas. O público acompanha dia após dia o decorrer dessas figuras. Suas falas partiturizadas e seus corpos estáticos passam por uma dimerização de tônus que deslocam seus estados diários. A visualidade é toda pautada por cores vibrantes e formas graciosas, exacerbando um universo confortável das aparências, uma caixa instagramável, uma representação de armadilha moderna para aprisionamentos contemporâneos. Esse cubo-jardim é um desdobramento do premiado cenário de Adeus, Palhaços Mortos. Já a trilha sonora se instaura como um mantra e cai como uma âncora em alto-mar.